Tem paralisação em Salvador: servidores municipais protestam por reajuste salarial

Os servidores municipais de Salvador realizam assembleia geral nesta quarta-feira (29), a partir de 08h, na frente da Secretaria Municipal de Gestão, no Vale dos Barris. O evento é mais um ato da Campanha Salarial 2019 da categoria que pede reajuste salarial na ordem de 13,34% e incremento de 18,41% para o auxílio alimentação.

Tendo o mês de maio como data base, os servidores questionam o motivo da Prefeitura de Salvador ainda não iniciar as reuniões da Mesa Permanente de Negociação. Segundo a diretoria do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador (Sindseps), a gestão municipal apenas realizou uma reunião para demonstrar o balanço fiscal do último quadrimestre. De acordo com o coordenador da entidade, Marcelo Rocha, não houve qualquer indicativo de que a pauta será negociada. “Aconteceu uma reunião que mais pareceu uma oportunidade de fotografar um cenário de que a gestão municipal está mantendo negociações com os servidores municipais para gerar contraponto político. Isso não é o que queremos. O mês de maio está acabando e nenhum percentual foi acenado para nosso reajuste”, afirmou Rocha.

O sindicalista ainda foi mais enfático e falou sobre a mobilização da categoria. “Faremos uma assembleia com paralisação de vinte e quatro horas com o objetivo de demover a gestão municipal da ideia de somente negociar em setembro. Querem nos impor um reajuste zero programado e isso não vamos aceitar de forma alguma. Queremos negociar nossa pauta e disso não abriremos mão sob qualquer circunstância”, finalizou.

Os trabalhadores devem paralisar os serviços nesta quarta-feira em protesto. A expectativa é de que as rodadas de negociações sejam imediatamente iniciadas com o Sindseps para que a categoria possa avaliar novas ações da mobilização.

Leia a anterior

Uniativa tem inscrições até a próxima quarta (29) em Madre de Deus

Leia a próxima

João Leão e Jeferson Andrade participam de encontro que visa levar empresa para Madre de Deus

Deo seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *