Pedalada e 2/3 do plenário fazem a conta do impeachment em Madre de Deus

Pedalada fiscal é apelido dado no meio político para manobras contábeis feitas pelo Poder Executivo para cumprir as metas fiscais, fazendo parecer que existe equilíbrio nas contas públicas.

Ilustrando para melhor entendimento: se um prefeito utiliza verba “carimbada” de um programa ou fonte de recursos para cobrir despesas de um outro contrato que tenha esgotado verbas por má gestão, o procedimento é considerado indevido diante dos princípios da Administração Pública.

Ao mesmo tempo, o prefeito omite esses passivos nas estatísticas da dívida pública, colocando para o mês seguinte a sua contabilização. Com isso, as contas públicas apresentam-se sadias e os resultados favoráveis no âmbito fiscal. Pronto. Essa é a receita da falta de transparência.

Essa atitude que ludibria e engana controladorias e auditorias convenientes é motivo para atuação contudente dos vereadores, aos quais cabem a responsabilidade de fiscalizar os atos do Poder Executivo. Um pedido de impedimento definitivo conhecido como impeachment é o remédio constitucional a ser aplicado nessas situações.

Na cidade de Madre de Deus, essas maquiagens fiscais podem sepultar todas as chances do prefeito afastado Jeferson Andrade (PP). Segundo informações de bastidores, a Câmara Municipal já possui sete votos para seguir com o processo de cassação de Andrade por pedaladas fiscais. Com 2/3 do plenário favorável à medida, não restará outra alternativa ao presidente da Casa senão aceitar o pedido e pautá-lo para apreciação.

Existe ainda uma possibilidade remota do oitavo voto pelo impeachment partir do vereador Renato de Martins (PSD). Aliado de Jeferson Andrade, apesar de manter comportamento sempre fiel ao prefeito afastado, Martins parece não gozar da simpatia do grupo de maioria por conta de seu histórico de fidelidade ao afastado. O vereador do PSD deve seguir esse voto como forma de resgatar seu mandato dos escombros do grupo de Andrade.

Leia a anterior

Base de apoio à Jailton “Jajai” se reforça no Legislativo e consolida novo cenário político e social em Madre de Deus

Leia a próxima

Música no Fantástico:

Deo seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *