Madre de Deus: vereador Juscelino Silva cobra atitude e autonomia do Legislativo municipal

O vereador Juscelino Silva (PPS)  utilizou seu tempo no Pequeno Expediente da sessão ordinária da última terça-feira (02), na Câmara Municipal de Madre de Deus, para questionar a conduta dos seus pares em relação à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a Lei Orçamentária Anual (LOA). Segundo o edil, durante a tramitação dessas matérias na Casa Legislativa, seus colegas não fazem os apontamentos necessários para o desenvolvimento da cidade e solicitam ao Poder Executivo em forma de projetos de indicação.

Como se ensinasse aos colegas, Juscelino foi enfático ao mostrar seu inquietamento com o comportamento dos parlamentares da cidade. “Nesta Casa transita todo ano, a LOA e a LDO, mas os vereadores em um momento de alegria, nunca colocam o que tem que colocar na LDO. Por isso que ficam sofrendo pedindo por indicações, coisas que eles têm o poder de colocar e fazer o prefeito cumprir”, ironizou o vereador oposicionista.

Mesmo sendo um rito legislativo, o projeto de indicação não tem força de lei e cabe ao prefeito ter o arbítrio da execução da solicitação se a mesma não criar despesas ao Poder Executivo.

Apesar da cobrança de atitude por parte de seus colegas, Juscelino parabenizou os demais vereadores pelo exercício do debate parlamentar no desenrolar da sessão.

Leia a anterior

STT emite nota de esclarecimento sobre acusação contra agentes de trânsito de Camaçari

Leia a próxima

Madre de Deus: Presidente Paulinho de Nalva recebe duras críticas do vereador Val Peças

Deo seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *