Madre de Deus: Carnaval Confete e Serpentina tem bloco voltado ao público LGBT

Um Carnaval de inclusão social foi a tônica da participação do vereador Marden Filho de Tutuca (PCdoB) durante a folia na cidade de Madre de Deus, na região metropolitana de Salvador. Apoiador de diversas causas sociais, o comunista participou do desfile do bloco Purpurina Pura voltado ao público LGBT, no sábado (02), no Carnaval Confete e Serpetina.

Para participar do bloco Purpurina Pura, o folião comprou seu abadá e doou um quilo de alimento não perecível. As doações são repassadas para creches e entidades do município. Já o valor arrecadado com a compra das fantasias é revertido em ações de conscientização e proteção ao público LGBT.

A iniciativa do vereador foi comemorada pela população e segundo ele, a sociedade precisa ter olhar mais sensível e de respeito para a diversidade. Para Marden, em tempos de homofobia institucional cabe ao povo garantir a visibilidade e a cidadania ao público LGBT. “Não é preciso ser LGBT para assumir a causa. Nosso mandato vem enfrentando o conservadorismo de alguns quadros políticos que fazem o enfrentamento até mesmo com homofobia. Temos um governo federal nefasto que já mostrou suas atitudes homofóbicas, mas aqui em Madre de Deus estamos fazendo esse debate com atitudes e o bloco Purpurina Pura em seu primeiro ano é prova disso. O bloco voltado ao segmento LGBT que buscou a inserção do público hetero que pagou para participar junto em um exercício de respeito à diversidade”, disse

Marden falou ainda sobre a valorização de profissionais da cidade para produzir e conduzir o bloco. “Escolhemos uma designer da cidade assumidamente lésbica para criar a fantasia e uma cantora também lésbica. A Marta Ellen (designer) e a Louise Mosini (cantora) deram show. O público LGBT jovem comprou a ideia e a representatividade se fez fortalecida. No próximo ano queremos uma participação ainda maior da população de Madre de Deus para demonstrar nosso total respeito à diversidade que é o tecido social de nossa cidade. Estou muito feliz por ter participado dessa construção de cidadania no Carnaval de Madre de Deus, disse Marden.

Leia a anterior

Campanha contra assédio às mulheres no Carnaval de Salvador será lançada domingo (3)

Leia a próxima

Imagem do Anjo Bom da Bahia é vandalizada em Candeias

Deo seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *