Língua do P em Madre e Candeias: PP perde prefeituras por prejuízo para patrimônio público

A língua do “P” é um código muito usado por crianças e que ainda diverte adultos. Falar colocando “pês” aqui e acolá além de lúdico é bastante engraçado.

Vamos tentar: Partido pode pleitear permanência para prefeitos prejudiciais para população? Pode parecer péssima pergunta, pois percebe-se pouco privilégio para população pelos prejuízos para patrimônio público.

Nesta quinta-feira (09), a cidade de Candeias teve o prefeito Dr. Pitágoras afastado de suas funções por conta de acusação de irregularidades com dinheiro público na compra de respiradores para o município. Em Madre de Deus, o prefeito Jeferson Andrade também bate recordes de afastamentos pela Justiça por conta de processo judicial em curso, onde é acusado também de mau uso do dinheiro do contribuinte.

O que tem em comum, os afastamentos dos gestores com a língua do “P”? Todos os dois políticos integram o partido Progressistas (PP) na região e representam os interesses do deputado estadual Niltinho (PP) na região. Em Madre de Deus, o partido que apresentou a pré candidata Nita (PP) juntou os cacos e abrigou-se no governo de Jailton Santana (PTB) para tentar ressurgir e manter os espaços do parlamentar e seu grupo de apoiadores que tem empresários, políticos, publicitários e lobistas.

Pelo visto, o progresso da marca do partido do vice governador João Leão tem sido apenas para os políticos. Já o prejuízo fica para o povo.

Leia a anterior

Vera Cruz: Ane Sales confirma pré-candidatura a prefeita

Leia a próxima

Madre de Deus: ex-secretária de Juventude rebate ataques após ser exonerada por Jailton e denuncia descaso na pasta

Deo seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *