Discurso forte de Dailton Filho mira antecessores e acaba atingindo aliados

“Acabou!”. “Perdeu!”. “Aceitem a derrota!”. De maneira enfática e ressentida com adversários, o prefeito Dailton Filho (PSB) discursou no plenário da Câmara Municipal de Madre de Deus, neste domingo (13), por ocasião do aniversário de emancipação da cidade.

Em trecho de seu discurso, o prefeito atacou seus antecessores e qualificou as gestões anteriores de forma a deixar entender que os gestores foram responsáveis pela alegada difícil situação financeira do município. Apontando “malfeitos, falsidades e malandragens” dos gestores que lhe antecederam nos últimos dez anos, Dailton Filho “atirou no que viu e acertou em quem não viu”.

Ocorre que alguns de seus atuais aliados integravam a gestão municipal no intervalo de tempo sugerido por ele como sendo de irregularidades e crimes fiscais. Três dos atuais vereadores faziam parte dos governos anteriores até mesmo ocupando cargos no Executivo nos últimos dez anos na cidade. No ano de 2011, o próprio Dailton Filho – então vereador pelo DEM – presidiu o Legislativo e assumiu interinamente a prefeitura em imbróglio com Jeferson Andrade. Acrescente-se o fato do atual presidente do Legislativo também ter sido da base aliada do governo Jeferson Andrade e sua irmã – quando vereadora – ter integrado o grupo da então prefeita Nita.

O constrangimento causado pelas declarações feitas no discurso lido pelo prefeito Dailton Filho pode aumentar o racha já existente na base aliada. Apoiado pelos oposicionistas do plenário, o presidente Paulinho de Nalva (Republicanos) parece que não conseguirá conter a rebeldia causada pela insatisfação dos ainda aliados do chefe do Executivo.

Clique aqui e assista a momentos do discurso.

Leia a anterior

Protagonismo feminino jovem na liderança do PL em Madre de Deus

Leia a próxima

“Não atenda mesmo não!!” é destempero e verborragia no Legislativo de Madre de Deus

Deo seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *