Candeias: Município cumprirá toque de recolher do Estado; outras medidas serão tomadas

A Prefeitura de Candeias informa que o toque de recolher segue no município, das 22 às 5 horas, e vai avançar alinhado com o decreto do Governo da Bahia Nº 20.233, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), nesta quarta-feira (17/2). O documento entra em vigor na sexta-feira (19/2).

O governador Rui Costa fez o anúncio em rede estadual. “O decreto vai valer por sete dias e proíbe atividades comerciais não essenciais. É uma medida que precisamos tomar para conter a taxa de contágio e o número de casos ativos que ultrapassam 15 mil. É uma forma de conter o avanço desse número alarmante que, se continuar crescendo, irá levar ao total colapso do sistema de saúde”, declarou.

O prefeito, Dr. Pitágoras, informou que vai seguir as recomendações do Governo do Estado e outras medidas serão tomadas. “Esse decreto do governador é um alerta para que medidas mais duras não precisem ser tomadas. Não podemos baixar a guarda. A vacina já chegou, mas ainda é insuficiente para nossa população. Por isso, use máscara, mantenha o distanciamento social e use álcool em gel”. De acordo com o prefeito, serão intensificadas as ações de combate ao vírus, como desinfecção de locais e vias públicas, distribuição de máscaras, entre outras.

Antes do decreto, diversas ações já haviam sido tomadas contra a Covid-19, por parte da Prefeitura. A exemplo dos testes rápidos, a implantação da Central Covid-19, desinfecção das ruas, fiscalização das vias públicas, instalações de lavatórios, barreira sanitária, presença do ônibus Expresso da Saúde em locais com maiores incidências, dentre outras iniciativas.

Conforme o último boletim da Sesab (Secretaria de Saúde do Estado da Bahia), a Bahia possui 74% de leitos ocupados e crescimento expressivo na fila de espera de pacientes para serem encaminhados a UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

De acordo ao boletim diário com informações atualizadas da Covid-19 em Candeias, são 26 pessoas internadas, 67 casos ativos, 4.014 casos confirmados, 3.874 pessoas curadas e 73 óbitos.

A Prefeitura reforçará as ações de fiscalização, com o apoio da Polícia Militar, para que não haja o funcionamento de serviços não essenciais, conforme as recomendações do governador. O não funcionamento das 22h às 5h, como medida do Governo, visa a diminuição de casos no Estado e vem para evitar medidas mais severas como o lockdown.

Para que as medidas tenham eficiência, além das ações dos agentes fiscalizadores, a Prefeitura conta com a colaboração da população, para que não haja aglomerações e situações que contribuam com a propagação e aumento de casos no município. É importante também o cumprimento das medidas sanitárias por parte dos cidadãos, com a utilização de máscaras e álcool gel.

O artigo 5º do Decreto ressalta que aquele que descumprir as regras que pode ser preso e responder por crime contra a saúde pública.

Leia a anterior

PT de Candeias na lona eleitoral

Leia a próxima

Projeto contemplado pela Lei Aldir Blanc leva apresentação artística para Associação de Caridade em Lauro de Freitas

Deo seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *