Bom Dia Brasil, da Rede Globo, divulga “eficiente parceria entre educação e esporte” em Madre de Deus

O “combo” vitorioso da educação e esportes em Madre de Deus foi destaque na edição de hoje (14) do telejornal Bom Dia Brasil, da Rede Globo. O protagonista da matéria foi o boxeador Ed Carlos, 18 anos. Ele estava em situação de atraso escolar. “Parei de estudar por volta de quatro vezes e passei a viver o mundão”, afirmou o jovem. A repórter Carlos Barcellos assinalou que surgiu, então, na sua vida uma “eficiente parceria entre educação e esporte”. Ela refere-se aos programas de esporte e educação executados pela Prefeitura de Madre de Deus. Sobre o tema, o prefeito Jeferson Andrade (PP) afirma que essa escolha traz excelentes resultados de inclusão social. “É um trabalho que inclui escolas em tempo integral; Centro Esportivo de Alto Rendimento; oficinas culturais e incentivos universitários”, apontou. O município baiano é a única cidade do país a adotar o sistema de tempo integral em toda a rede. Os alunos entram na escola ás 07h30 e ficam nos colégios até ás 16h30. A reportagem assinala que desde a creche “por aqui se pratica esporte nas escolas, indo muito além da tradicional Educação Física”. As modalidades praticadas são boxe, judô, jiu jitsu, karatê, basquete e futsal. Em entrevista á emissora, o secretário municipal de Esportes, Jibson Coutinho, ressaltou que os índices de evasão e repetência caíram consideravelmente. “O esporte hoje é o braço direito da educação”, avaliou. O índice de aprovação nas escolas de Madre de Deus subiu em 87 % em 2017 e 93 % em 2018. E a evasão escolar em 2018 foi de somente 4 %. Carol Barcellos também ressaltou que o esporte em Madre de Deus está na grade curricular e todos alunos precisam escolher uma modalidade para praticar. A mais procurada é o boxe, inspirada em ídolos baianos, como Acelino Popó Freitas e Robson Conceição, e no atual campeão baiano de boxe, que vem a ser justamente o protagonista desta matéria: Ed Carlos. Ele é um dos 2.547 alunos da rede municipal de ensino de Madre de Deus. Um dos entrevistados na matéria foi um dos colaboradores da Prefeitura de Madre de Deus neste projeto. O soteropolitano Luiz Dórea, um dos mais renomados técnico de MMA e boxe do planeta. “Os nossos atletas têm a obrigação de passar de ano. Enfim, se manter também no estudo”, pontuou Dórea. A repórter encerra a matéria pontuando que agora “ganhar o mundão “ passou a ter outro sentido para Ed Carlos.
Leia a anterior

Madre de Deus é um exemplo a ser seguido”, diz Rui Costa sobre o fato de não existir assassinatos na cidade há um ano

Leia a próxima

Cerca de cinco mil pessoas realizam Caminhada da Paz, em Madre de Deus

Deo seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *