Aumentam as especulações para as eleições 2020 em Madre de Deus

As eleições para prefeitos das cidades brasileiras acontecerão em outubro de 2020, mas as movimentações estão antecipadas em vários municípios. Diferente de outros momentos, onde apenas no período da pré campanha eleitoral, nomes despontavam como postulantes, agora cerca de um ano antes, os bastidores fervilham e cada especulação torna-se um caminho para apuração.

Na cidade de Madre de Deus não é diferente e alguns políticos locais já aparecem como possíveis candidatos à cadeira hoje ocupada pelo prefeito Jefferson Andrade (DEM). Tido como grande eleitor para o próximo ano, o gestor começa uma jornada de visbilidade e junto a isso, outros voos podem ser pensados pelo democrata.

O deputado recém eleito Niltinho (PP) apareceu em uma nota publicada na imprensa como um dos nomes apreciados. Sua legenda tem se antecipado e ventilado nomes aos Executivos dos municípios em uma estratégia de fortalecimento do seu hereditário novo líder, deputado federal Cacá Leão, filho do vice governador João Leão. “Cacá parece perdido ou tenta valorizar seu passe. Está espaculado em Salvador, tem suas raízes em Lauro de Freitas, mas se duvidar um dia vai aparecer candidato a prefeito na Bahia toda ou em lugar nenhum”, disse um vereador de Salvador em tom irônico.

Por outro lado, partidos ainda mais alinhados e próximos ao governador Rui Costa buscam fortalecer nomes e parcerias para não ficarem à mercê dos movimentos do PP e do PSD de Otto Alencar. Filiado ao PCdoB e ex-presidente da Câmara Municipal de Madre de Deus, o vereador Marden de Tutuca tem tido conversas em nível avançado com a direção petista na Bahia. Nesta quinta-feira (18), o comunista foi visto na sede do partido e fontes ouvidas afirmam que o tema principal teria sido a eleição no município.

Indagado sobre sua ida à sede da legenda, Marden desconversou e apenas disse que teria sido uma visita de cortesia. “Tivemos conversas na cidade com dirigentes do partido e retribuimos a gentileza. Lógico que em uma conversa entre políticos em uma sede de partido, naturalmente temas como o cenário político local e as eleições acabam por permear algun momento da conversa”, despistou.

Tido como um dos postulantes ao cargo de prefeito, Marden preferiu tratar o assunto como especulação. Na opinião dele, ainda é cedo para tratar de candidaturas na cidade. “Tenho um mandato que a população confiou nas urnas para fiscalizar o Poder Executivo e propor leis que melhorem a vida do cidadão de Madre de Deus. Minha cabeça está neste foco e não desvia desse caminho. Acho muito cedo para tratar de eleições e o próprio governador [Rui Costa] falou disso recentemente. Quem se arvora em lançar o próprio nome faz isso de maneira arriscada e prejudicial à cidade. Se neu nome aparece na vontade da população, em algum momento saberemos lidar e trabalharemos isso com o grupo político ao qual faço parte. Por enquanto, o trabalho é legislativo e a relação é acima de qualquer coisa, com o povo”, declarou Marden.

Instigado a responder se tem vontade pessoal em disputar o cargo de prefeito, Marden foi enfático e apontou o que chama de “sentimento de unidade”. “Respeito e trabalho a partir da decisão democrática de um grupo político. Esse sentimento de unidade deve tomar a todos de maneira clara. Se isso acontecer serei leal e levarei essa mensagem para o povo de Madre de Deus de forma a convencer ao filho da cidade que teremos a melhor proposta de gestão. Respeito cada companheiro ou companheira que colocaram seus nomes à disposição do projeto para que o diálogo político franco e sem imposições possa ser feito. Fora disso até o momento tudo é especulação e pretensão desnecessária “, finalizou.

Vários nomes estão sendo ventilados para a disputa. Notadamente o grupo político liderado pelo atual prefeito é o que mais opções apresenta, tais como: a ex-prefeita Nita, o deputado estadual Niltinho e os vereadores Anselmo (DEM) e Marden Filho de Tutuca. Na oposição, Dailton Filho e o vice prefeito Jailton Polícia são os mais cotados para disputarem o pleito em 2020.

Leia a anterior

Petista Moema resolve nomear militante de Bolsonaro para diminuir críticas à sua gestão

Leia a próxima

IBGE-BA: Em abril, prévia da inflação (IPCA-15) é de 1,06% na RM Salvador, a 2ª maior do país

Deo seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *